Workshop Despertar A Sabedoria Feminina

WORKSHOP DESPERTAR A SABEDORIA FEMININA COM OS ENSINAMENTOS DOS ARQUÉTIPOS:

 

A MULHER VESTIDA DE SOL, DE PÉ SOBRE A LUA, COROADA DE ESTRELAS

 

 

Workshop de 10 horas. PODE SER FREQUENTADO online

 

Criado por Vera Faria Leal

 

Informações e Inscrições: harmoniaviva@gmail.com

 

Neste Workshop aprenderemos sobre a imagem arquetípica do Novo Espírito Feminino que se está a manifestar nos nossos dias. Essa imagem integradora está contida na Senhora da Sabedoria que está a chamar as suas filhas a si, para o despertar da visão e o uso das ferramentas que manifestam essa sabedoria feminina, com enorme potencial curador, orientador e unificador, quer individual quer colectivamente.     Esta imagem combina todo o poder e a energia das antigas deusas e revela-nos as instruções arquetípicas para acedermos à sua Sabedoria.

 

Aceder à nossa sabedoria feminina através do poder dos arquétipos: Usaremos o arquétipo da MULHER VESTIDA DE SOL, DE PÉ SOBRE A LUA, COROADA DE ESTRELAS, que activa a nossa Sophia – sabedoria interna. Receberá ferramentas para trabalhar com esta imagem e a maravilhosa e reveladora interpretação psicológica do mito de Andrómeda (a sacrificada) e do fantástico conto de fadas de Grimm, Allerleirauh, que explica o processo de conquista da soberania e individuação da mulher.

 

Como o inconsciente fala com símbolos e imagens, aprenderá a compreender a linguagem simbólica riquíssima presente nestes arquétipos e mitos, para poder melhor compreender-se a si mesma e trabalhar consciente e activamente com os seus sonhos e visualizações. Durante a sessão com a sabedoria corporal, trabalhará com os símbolos que surgirão; durante a sessão com visualização criativa, promovemos a descodificação do “sonho acordado” que terá, e durante a sessão sobre mitos e espiritualidade, poderá extrair informação reveladora, que poderá ajudá-la a decifrar a visão que precisa agora assumir e nutrir para a sua vida, para que possa viver essa história arquetípica mais vasta e sábia, descobrindo e reforçando o seu propósito de vida.

 

Nestes tempos de mudança, somos chamados a despertar para cumprir o nosso destino, missão, visão, propósito, potencial, o que se lhe quiser chamar, mas que é tornar-se na pessoa que nasceu-para-vir-a-Ser! Precisamos visualizar e crescer numa história nova e mais expansiva de quem somos, se queremos ajudar-nos e apoiar as sociedades humanas nos tempos vindouros.

Cada um de nós tem um propósito único e especial na vida – e cada mulher partilha também, um propósito comum com as outras mulheres – assim como os homens que se conectam com a sua natureza divina feminina. Este propósito comum da condição Feminina, integra um aspecto fundamental: aprender a aceder à nossa Sabedoria, pois quer a vida pessoal quer a colectiva, precisam de sabedoria mais do que qualquer outra coisa, para que uma Visão mais criativa possa trazer soluções novas aos desafios que estão e que virão nos próximos anos.

SOPHIA

Neste Workshop de 3 sessões, aprenderemos sobre a imagem arquetípica do Novo Espírito Feminino que se está a manifestar nos nossos dias. Essa imagem integradora está contida na Senhora da Sabedoria que está a chamar as suas filhas a si, para o despertar da visão e o uso das ferramentas que manifestam essa sabedoria feminina, com enorme potencial curador, orientador e unificador, quer individual quer colectivamente.     Esta imagem combina todo o poder e a energia das antigas deusas e revela-nos as instruções arquetípicas para acedermos à sua Sabedoria-Sophia.

PROGRAMA –  1ª SESSÃO

DEIXAR A CASA DO PAI E VOLTAR A CASA PARA MIM MESMA: A MULHER VESTIDA DE SOL

Aprender a conectar o nosso sentido de identidade (ego) com o nosso Eu mais profundo (Self ou Eu superior). Descodificação psicológica do conto de Grimm: a princesa Allerleirauh, que nos revela imensa informação arquetípica sobre o processo de “deixar a casa do pai” e de construirmos a nossa soberania e independência. O Mito de Andrómeda e o “sacrifício” que fizemos no altar da cultura patriarcal, e no seio da nossa própria família. Renascer das aprendizagens do altar das nossas experiências passadas e re-criar a nossa nova história. Breve introdução aos mitos e arquétipos, para nos ajudar a descobrir o nosso mito dominante neste momento da vida e/ou a activar um novo mito, que apoie a nossa nova história.

ANDROMEDA

2ª SESSÃO

Reclamar o nosso corpo: CORPO DE MULHER, INSTINTO DE MULHER

Aprender a aceder aos instintos do nosso corpo através de exercícios que propõem uma relação mais profunda com os sentidos. Esta pratica é crucial, uma vez que o patriarcado distorceu a nossa relação com o nosso corpo.

 Aprender a linguagem simbólica da Imaginação Criativa: “DE PÉ SOBRE A LUA”.

Aprender a trabalhar com a Imaginação Criativa para activarmos a relação com a nossa Vida Mítica. É através da Imaginação que escutamos a voz da Senhora da Sabedoria. Se nos vamos “colocar de pé sobre a Lua”, precisamos compreender o inconsciente e como este trabalha com as imagens que nele estão constantemente a fluir.

Allerleirauh

3ª SESSÃO

Compreender a nossa natureza espiritual: COROADA DE ESTRELAS

Fazer a síntese do trabalho anterior enquanto exploramos a nossa natureza espiritual, aprendemos sobre a espiritualidade feminina e vemos como é a impressão digital da nossa Alma. Com uma profunda compreensão espiritual da nossa individualidade e sentido único de quem somos, podemos ser co-criadoras com o Divino, da nossa vida e do nosso mundo.

O Curso  inclui exercícios para trabalhar e meditar em casa, bibliografia e um Manual de Visualização Criativa.  

 

 

Este Workshop é inspirado nas obras de Marion Woodman,  Jyll Mellick, Guadalupe Cuevas, Clarissa Pinkola Estés, Marie Louise Von Franz, Cathy Lyn P., a quem agradeço profundamente a inspiração e sabedoria.

 

É um tempo de despertar, no final de muitos eras. Astrologicamente, Úrano em Carneiro representa individualidade, individuação e exorta-nos: “liberta a tua pequena identidade, a tua pequena individualidade e acorda para a história que te revela a tua Alma.

 

O mundo enfrenta desafios que pedem claramente a integração da polaridade feminina, em tudo o que isto globalmente representa: ecologia no meio e na cultura, revalidação de novas formas de pensar, próprias do hemisfério direito cerebral (holístico, visual, intuitivo, sintético). Se o feminino não for validado na sua capacidade de ver o mundo a partir da plataforma da sensibilidade, da intuição, da partilha, de integração de soluções, e de trazer alternativas próprias da sua condição, não poderemos fazer as mudanças que tão urgentemente precisamos. Para florescermos precisamos de redescobrir a nossa essência, de conectar com o espírito honrando a nossa própria forma de ser e a sabedoria inata à Alma Feminina.