Olá a todos!

Ainda é tempo para reiterar os meus votos de Feliz e abençoado Ano Novo!

Quero partilhar convosco uma receita que poderão ver na Revista Teleculinária nr. 1812 (a primeira de 2014). Sim, escrevo livros, dou cursos, aulas, palestras, faço terapias, aconselhamento astrológico; sou mãe, esposa, danço, pinto, medito, estudo e investigo. E também adoro cozinhar. Hoje tenho o privilégio de cozinhar quase todas as refeições diárias para a minha família (partilho a cozinha com o meu marido Rui Peixoto, excelente cozinheiro) e os momentos de partilha em volta da comida são sempre preciosos, como aprendi com as minhas raízes africanas e trasmontanas. Comecei a estudar Macrobiótica Zen há trinta anos; fui vegetariana durante um tempo; comecei a sentir-me gradualmente enfraquecida e compreendendo que o meu grupo sanguíneo (O +) necessita de proteína animal, voltei a consumi-la (95% peixe). Foi pois com imenso prazer que aceitei o gentil convite que a querida Maria João Rodrigues, jornalista e editora, me fez em nome da Revista Teleculinária, para apresentar uma receita junto com uma síntese astrológica! Esta Revista é uma referência incontornável em Portugal na área da culinária e gastronomia e este número está delicioso e muito diversificado!

pagina na teleculinaria

 

Diverti-me imenso na cozinha, com o Chefe Luís Machado e a equipe fantástica que fez a produção e como gosto imenso de cozinhar e de comer, senti-me sempre em casa! 
  A receita – Seitan com castanhas e cogumelos shiitake acompanhados com arroz basmati e espargos é vegetariana mas pode usar-se frango em vez do seitan. É excelente para os meses frios de inverno:  Bom apetite!!

 CURSOS EM JANEIRO NO PORTO:

1-   O MASCULINO CONSCIENTE:

OS MISTÉRIOS DO MASCULINO vão continuar a sua aventurosa viagem dia 17 Janeiro sexta, das 19H00-24H00 no Espaço Portal, Maia. Solicite informações a Filipa Ventura filipa.e.ventura@gmail.com

 Neste Workshop transformador, para além de várias vivências e partilhas, vamos aprender sobre as diversas nuances da Anima Masculina, a sua multifacetada contraparte feminina inconsciente e da sua Alma. Carl Jung disse que a anima num homem, acaba por ser a forma como ele vive a Vida, se relaciona, faz amigos, ama, recebe a vida, cria, inspira e nutre.

 MIX NEWS JAN 2014

A relação do homem com a mulher e com a sua própria anima (dimensão feminina, yin) tem sido regulada ao longo de grande parte da história, pela lei, convenções, usos e costumes. Só muito recentemente o homem conquistou a capacidade de tomar as suas próprias decisões nesta matéria, o que significa um salto evolutivo incrível. Esta liberdade nova acarreta exigências da consciência nunca antes experienciadas pelos homens. Um homem que se liberta para se relacionar conscientemente com os aspetos femininos da existência – e, não tenham dúvidas, este é o homem do futuro – é o que tem maior integridade para construir o novo paradigma social. E tal homem precisa de informação e de aprender a diferenciar O FEMININO em si e no mundo se quiser evitar armadilhas e ilusões que muitas vezes estão na base de graves crises, incesto, suicídio, etc.

 Distinguir entre a anima luminosa e a tenebrosa em si, ajuda extraordinariamente o homem a reconhecer estes elementos vitais encontrando novo sentido interior e maior realização e gratificação nas suas relações. Tamanho é o valor deste Curso! Vamos pois continuar a aprender, a refletir e a integrar estas realidades fundamentais. Com a ajuda, como sempre, de mitos, arquétipos e alguma diversão, pois a energia masculina reunida, é irradiante, ativa e fogosa!

 NOVO CURSO EM Lisboa: Há já uma lista de inscrições para este Curso em Lisboa: solicite informações: a Vera Faria Leal harmoniaviva@gmail.com

2 – FEMINITUDE CONSCIENTE© e SACERDOTISAS do SAGRADO FEMININO.

Vamos vivenciar o 3º Workshop deste maravilhoso Curso vivencial, na Maia, dia 18 Janeiro, sábado, das 10H00-18H30.

Solicite informações a Filipa Ventura filipa.e.ventura@gmail.com

 Este trabalho eminentemente vivencial com imenso potencial transformador, pode ser vivido como processo de auto conhecimento e /ou com vista a tornar-se Facilitadora e/ Sacerdotisa da FEMINITUDE CONSCIENTE© – habilitar-se a liderar Círculos de Mulheres que visam apoiar o crescimento integral da Mulher, na sua especificidade corpo-mente-alma, de acordo com o modelo que eu criei e aperfeiçoei durante vários anos.

MIX 2

Vamos trabalhar os arquétipos:

 1 – da Sacerdotisa  e os seus dons e atividades próprias; activar a sacerdotisa interior, e consagrar-nos ao nascimento da nossa Alma e energia espiritual Feminina. – A Sacerdotisa é a que vela pela chama espiritual, primeiro no seu próprio coração e depois no fogo do altar, da sua casa e do templo da Deusa. É aquela que consagra a sua espiritualidade ao amor pela Deusa, o aspeto feminino da Divindade, Una, ainda que tenha mil nomes, nas suas facetas de Virgem, Mãe e Anciã. A Sacerdotisa escreve os seus votos de dedicação ao desenvolvimento da sua relação com a Deusa e auto consagra-se Guardiã da chama dos Mistérios da Deusa. Pode haver sacerdotisas sem templo físico, pois o primeiro e mais importante templo é o corpo da mulher, onde a Sacerdotisa, pela sua dedicação, oração, invocação, e práticas espirituais diárias, descobre na Luz da sua matéria, a Luz espiritual da Deusa.

 2-   Da Virgem: vamos compreender o que é o misterioso arquétipo da Virgem e como sermos Virgens iniciadas em vez de “donzelas inconscientes” que só se podem tornar mães desconetadas do seu corpo – logo, da sua Alma -desenraizadas do feminino, e que pagam todos os preços daí decorrentes…

Um Workshop fundamental para compreender o EXTRAORDINÁRIO MISTÉRIO DO FEMININO!

 Abraço doce,

Vera Teresa

https://www.facebook.com/VeraFariaLeal 

Artigos relacionados: